Bolsas

Câmbio

Acordo comercial com UE deve ser concluído no primeiro semestre, diz Fazenda

Fernanda Nunes

Rio

O secretário de Assuntos Internacionais do Ministério da Fazenda, Marcello Estevão, aguarda para o primeiro semestre deste ano a conclusão do acordo comercial negociado com a União Europeia por cerca de 20 anos.

No evento "Brasil e Mercosul: em direção ao racionalismo aberto", promovido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), o secretário defendeu a expansão do comércio brasileiro, em detrimento do debate sobre fortalecimento da política de conteúdo nacional, que marcou o governo petista.

"Não faz sentido, hoje em dia, produzir tudo. O Brasil tem que se integrar mais", afirmou Estevão em sua palestra, ressaltando que, num ranking mundial, o País ocupa a oitava colocação pelo critério PIB, mas, do ponto de vista de participação no comércio exterior, está em 24º. lugar.

Segundo o secretário, a atual equipe econômica trabalha com "racionalidade", ao abandonar o debate de valorização do conteúdo local que, em sua opinião, remete à década de 1950. " Estamos saindo disso. Há outros fatores que afetam a produtividade. Essa equipe econômica está passando reformas que tentam lidar com esses temas, como a trabalhista", disse.

O secretário ainda destacou que o Brasil não fechou nenhum grande acordo de livre comércio desde o Mercosul. "Temos que ir para as negociações com vontade de abrir (o mercado)", acrescentou Estevão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos