Bolsas

Câmbio

Bradesco terá crédito específico para atender novas regras no cheque especial

Aline Bronzati

Rio

O Bradesco vai oferecer uma modalidade de crédito específica para fazer frente à autorregulação do cheque especial. As novas regras, divulgadas nesta terça-feira, 10, pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), passam a vigorar no dia 1º de julho.

A partir de então, os clientes que permanecerem mais de 30 dias com exposição no cheque especial poderão refinanciar o saldo em aberto via um crédito alternativo, com taxas prefixadas. Pelas novas regras, a modalidade terá um custo 15% menor para o tomador.

O Bradesco informa que o cliente já dispõe de linhas de crédito para realizar esse tipo de refinanciamento, a taxas mais convenientes, mas que a oferta de uma linha específica permitirá "aumento do interesse por esse tipo de alternativa".

A mudança no cheque especial, segundo o presidente do Bradesco, Octavio de Lazari, tira um fator de incerteza para o controle do orçamento das famílias. "É uma forma de dar estabilidade às contas domésticas", avalia o executivo.

Ele acredita ainda que, com o tempo, a autorregulação no cheque especial vai se converter em "mais uma influência positiva na redução do juro ao tomador final".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos