Bolsas

Câmbio

Taxa baixa do IPCA em 12 meses dá sensação de impacto da demanda, diz IBGE

Daniela Amorim

Rio

A manutenção da taxa de inflação em 12 meses em patamares historicamente baixos sinaliza o impacto da demanda mais fraca sobre os preços na economia, avaliou Fernando Gonçalves, gerente na Coordenação de Índices de Preços do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A inflação de 0,09% medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em março foi a mais baixa para o mês em toda a série histórica iniciada na implementação do Plano Real.

Com o resultado, a taxa acumulada em 12 meses recuou de 2,84% em fevereiro para 2,68% em março, permanecendo pelo nono mês seguido em patamar inferior a 3%, a maior sequência de resultados inferiores a 3% dentro da série histórica.

"A sensação que a gente tem olhando isso aqui é justamente de demanda. Há certa insegurança quanto aos caminhos que economia vai tomar, há indefinição política ainda, estamos num ano de eleição. Esses fatores levam a retardar talvez um pouco o investimento em algumas áreas da economia. E as famílias tendem a se resguardar. Ainda tem um desemprego elevado. As famílias tendem a guardar seu dinheiro para uma situação futura, para uma eventualidade", justificou Gonçalves.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos