Bolsas

Câmbio

Departamento do Tesouro dos EUA abre caminho para que Rusal escape de sanções

Washington

O governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, alterou seu programa de sanções contra a Rússia nesta terça-feira, abrindo caminho para que a gigante do alumínio Rusal escape da lista negra. O movimento deve conceder um alívio ao mercado de metais após um susto com medo de que a oferta do metal apresentasse forte recuo, o que abalou os mercados no último mês.

Enfrentando a saída da Bolsa de Valores de Londres nesta semana, o EN+ Group, proprietário da Rusal, pediu anistia ao Departamento do Tesouro dos EUA no fim da semana passada, prometendo que seu acionista majoritário e principal alvo das sanções americanas, o magnata russo Oleg Deripaska, reduzirá suas posses e abandonará o lugar no conselho da empresa.

Na noite desta terça-feira, o Tesouro concedeu ao EN+ Group e várias outras empresas uma extensão para o cumprimento das sanções, comprando o tempo da Rusal para uma implementação de um plano de desinvestimento proposto pela empresa. Os preços do alumínio caíram nas últimas semanas, com as sanções iniciais no início de abril podendo cortar um grande fornecedor dos mercados. No entanto, os preços caíram após o Tesouro sinalizar um caminho para a Rusal evitar as penalidades. Fonte: Dow Jones Newswires.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos