Bolsas

Câmbio

Temer submete ao Senado nomes para diretoria da Agência Nacional de Mineração

Luci Ribeiro

Brasília

O presidente Michel Temer enviou ao Senado Federal, para apreciação, cinco nomes para compor a diretoria da recém-criada Agência Nacional de Mineração (ANM). As mensagens com as indicações estão publicadas no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, dia 2.

Para o cargo de diretor-geral da agência foi indicado Victor Hugo Froner Bicca, com mandato de quatro anos. Os outros diretores sugeridos são: Lília Mascarenhas Sant'Agostino, com mandato de quatro anos; Debora Toci Puccini, com mandato de três anos; Tasso Mendonça Junior, com mandato de três anos; e José Antonio Alves dos Santos, com mandato de dois anos.

A ANM foi criada por medida provisória, convertida em lei em dezembro passado. A nova agência substitui o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) na regulação e fiscalização do setor de mineração. O órgão é vinculado ao Ministério de Minas e Energia e será liderado por uma diretoria colegiada, composta por cinco diretores, que serão indicados pelo presidente da República e nomeados depois da aprovação do Senado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos