Bolsas

Câmbio

UE não irá negociar tarifas sob ameaça, diz Juncker

Bruxelas

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, alertou hoje os EUA que a União Europeia (UE) não irá negociar isenções tarifárias sob ameaça, um dia depois de o presidente americano, Donald Trump, conceder ao bloco uma extensão de apenas um mês para não aplicar tarifas sobre o aço e alumínio exportados pelos europeus.

Juncker, que falou no Parlamento Europeu, disse que uma eventual isenção deverá ser "sem condições e permanente".

A UE, que é formada por 28 países, alertou que irá retaliar se Trump for adiante com o plano tarifário até 31 de maio, o que poderia levar a uma guerra comercial transatlântica.

"Vamos continuar nossas negociações com os EUA, mas nos recusaremos a negociar sob ameaça", disse Juncker. "Estamos agora, simplesmente, pedindo que eles recuem", acrescentou. Fonte: Associated Press.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos