ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

EPE cadastra 1.080 empreendimentos para leilão A-6

Denise Luna

Rio

09/05/2018 16h35

A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) cadastrou 1.080 empreendimentos para o leilão com entrega de energia elétrica em 2024 (A-6), totalizando 57.959 megawatts em capacidade instalada. Os projetos para geração eólica e as termelétricas a gás natural lideraram os credenciamentos, enquanto a energia solar ficou fora do certame. O leilão está previsto para 31 de agosto.

A geração eólica vai disputar o leilão com 926 projetos, somando ao todo 27.058 megawatts, seguida das termelétricas a gás natural, com 36 projetos, somando 27.608 megawatts. Também foram inscritos 25 projetos de termelétricas a biomassa, com 1.040 megawatts, e 63 Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs), com 919 megawatts.

Ainda foram inscritas duas termelétricas a carvão (940 megawatts); sete hidrelétricas (333 megawatts) e 21 Centrais Geradoras Hidrelétricas (CGHs), totalizando 61 megawatts.

Em função dos parques eólicos, a Bahia continua liderando as inscrições nos leilões, com 295 projetos (8.229 megawatts). Em segundo lugar ficou o Rio Grande do Norte, com 243 projetos eólicos, somando 7.160 megawatts. A Paraíba também desponta como um grande potencial para parques eólicos, oferecendo no certame 49 projetos com potência instalada de 1.766 megawatts.

As únicas duas térmicas a carvão que serão oferecidas ficam nos Estados de Santa Catarina (340 megawatts) e no Rio Grande do Sul (600 megawatts).

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia