ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Defesa do dono da Dolly diz que prisão é 'injusta' e que recorrerá

Fausto Macedo e Julia Affonso

São Paulo

10/05/2018 16h11

A defesa de Laerte Codonho, dono da fábrica de refrigerantes Dolly, disse nesta quinta-feira, 10, que a prisão do empresário é injusta. Segundo a defesa de Codonho, ele sempre colaborou com as autoridades.

Os advogados também disseram que recorrerão da decisão.

Nesta quinta-feira, a Polícia prendeu o empresário por suspeita de fraude fiscal continuada e estruturada, sonegação, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Codonho foi preso em sua residência no município de Cotia, na Grande São Paulo, e removido para o 77º Distrito Policial, no bairro de Santa Cecília, no centro da capital paulista. A Justiça decretou a prisão temporária do empresário.

"Em relação à prisão temporária do empresário Laerte Codonho, detentor da marca Dolly, reforçamos que a prisão é injusta. Laerte Codonho sempre colaborou com as autoridades, e tem certeza que provará sua inocência. A defesa recorrerá da decisão e confia na Justiça", destacou a defesa do empresário.

Os advogados também disseram que recorrerão ","image":"","date":"10/05/2018 16h31","kicker":"Estadão Conteúdo"}}' cp-area='{"xs-sm":"49.88px","md-lg":"33.88px"}' config-name="economia/economia">

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia