Bolsas

Câmbio

Aneel abre audiência pública de edital do leilão A-6 em 31/8

Anne Warth

Brasília

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) abriu audiência pública para discutir o edital do leilão de energia nova A-6, a ser realizado em 31 de agosto deste ano. Os empreendimentos que vencerem a disputa deverão entregar energia a partir de 1º de janeiro de 2024.

Três produtos serão ofertados, sendo dois na modalidade por quantidade e um por disponibilidade. Na modalidade quantidade, empreendimentos de fonte hidrelétrica terão o prazo de suprimento de 30 anos, e de fonte eólica, 20 anos. Será a primeira vez que as usinas eólicas serão contratadas por quantidade, modelo em que o risco é assumido pelo empreendedor.

Na modalidade por disponibilidade, poderão disputar termelétricas a biomassa, carvão e gás natural, com prazo de suprimento de 25 anos. Todas as fontes vão concorrer entre si.

O leilão terá duas fases: na primeira, concorrem hidrelétricas com potência superior a 50 MW. A demanda residual da primeira fase vai definir o volume que será contratado na segunda fase.

De acordo com informações da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), estão cadastrados 1.080 projetos, que totalizam 57,9 mil megawatts (MW) de potência. A maioria dos projetos (926) é de eólicas, enquanto a maior oferta de energia será de termelétricas a gás, com 27,6 mil MW.

O edital ficará aberto em audiência pública entre os dias 17 de maio e 25 de junho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos