Bolsas

Câmbio

Motociclistas protestam em frente ao Planalto contra alta de combustíveis

Julia Lindner

Brasília

Um grupo de cerca de 30 motociclistas fez um protesto em frente ao Palácio do Planalto nesta segunda-feira, 28, contra a alta dos combustíveis. Eles fizeram um "buzinaço" em frente ao prédio onde trabalha o presidente Michel Temer e seus ministros e também "roncaram" os motores das motos para fazer barulho. "Motoboys unidos!!! Contra o aumento dos combustíveis... não merecemos!", dizia uma faixa que carregavam.

Os manifestantes inicialmente ficaram rodando em círculos com as motos em frente ao Planalto. Em certo momento, pararam as motos lado a lado, tiraram os capacetes e começaram a cantar o hino nacional em frente à rampa do Planalto e pediram a saída de Temer do cargo. O Comando Militar do Planalto acompanhou o ato, mas não houve confronto.

Um pouco antes, um outro grupo com cerca de 150 manifestantes passou em frente ao Planalto aos gritos de "Fora Temer". Alguns seguravam faixas a favor da intervenção militar. Eles seguiram a caminhada até Congresso, onde continua o protesto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos