Bolsas

Câmbio

Correção: Arsesp reajusta tarifas da Comgás

São Paulo

As tarifas da Companhia de Gás de São Paulo (Comgás) foram reajustadas, de acordo com deliberação da Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp). O reajuste entre em vigor a partir desta quinta-feira, 31.

A decisão eleva as margens da Comgás em 1,066331%, correspondente à aplicação do IGP-M acumulado no período de maio/2017 a abril/2018 (1,886331%) e do Fator X de Eficiência (-0,82%). Além do reajuste das margens, a determinação da Arsesp contempla uma atualização nos custos de gás e transporte incluídos na tarifa, que acompanham as variações de preço do petróleo e da taxa de câmbio.

Como resultado, os percentuais de variação nas tarifas são distintos, conforme o segmento de mercado e o volume de consumo, explica a Comgás. No segmento residencial, a variação é entre 3,4% e 8,0%. Para os comércios, a variação é de 5,8% a 12,9%. Na indústria, as variações são entre 13,0% e 21,0%. Já as tarifas do Gás Natural Veicular (GNV), aplicadas para os postos de combustíveis, terão uma redução de 1,06%.

"Estes reajustes ocorrem depois de duas reduções consecutivas dos custos de gás e transporte, ocorridas em maio e outubro de 2016, e uma variação positiva em maio de 2017, também reflexo da taxa cambial e do preço do petróleo. Com isto, o custo da tarifa para o segmento industrial, por exemplo, retorna a um patamar similar àquele que esteve vigente em maio de 2015", diz a Comgás, em nota.

Correção: A nota publicada anteriormente continha um erro. A frase no último parágrafo e as informações foram divulgadas em comunicado da Comgás e não como informado. O texto foi corrigido

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos