Bolsas

Câmbio

BNDES adia leilão da Lotex de 14 de junho para 4 de julho

Luci Ribeiro

Brasília

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) adiou de 14 de junho para o dia 4 de julho a data de realização do leilão de concessão da Loteria Instantânea Exclusiva (Lotex), a "raspadinha", hoje gerida pela Caixa. O aviso da prorrogação está publicado no DOU (Diário Oficial da União) desta sexta-feira (1º).

Com isso, os pedidos de esclarecimentos sobre leilão poderão ser feitos até 6 de junho e a entrega das propostas e dos outros documentos para participação no leilão ficará para o dia 25 de junho.

A venda da Lotex, com outorga mínima de R$ 542 milhões, pode mais que dobrar o tamanho do mercado de loterias no Brasil, disse o secretário de Acompanhamento Fiscal, Energia e Loteria do Ministério da Fazenda, Alexandre Manoel Angelo da Silva, ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, em abril.

Segundo ele, as quatro maiores empresas de loteria do mundo - IGT, Scientific Games, Tactics e Intralot - já demonstraram ao governo a intenção de participar da operação de venda da loteria, que ocorrerá na B3, em São Paulo.

O secretário destacou também que o governo tem o monopólio do setor de loteria instantânea (as raspadinhas) desde 1962 e a venda da Lotex deve estimular a competição.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos