Bolsas

Câmbio

Vendas de caminhões recuam 8,12% na passagem de abril para maio, diz Fenabrave

Eduardo Laguna

São Paulo

Além das vendas de carros, o mercado de caminhões sentiu o impacto da greve dos transportadores e mostrou queda de 8,12% na passagem de abril para maio, conforme balanço da Fenabrave, entidade que representa as concessionárias, divulgado nesta sexta-feira, 1º.

No total, 5,7 mil caminhões foram entregues no mês passado. Apesar do efeito negativo da greve, o número ficou 38,8% acima do total vendido no mesmo período do ano passado. No acumulado de janeiro a maio, as vendas de caminhões exibiram crescimento de 53,99% sobre os cinco primeiros meses de 2017.

Na contramão dos demais segmentos da indústria de veículos, as vendas de ônibus mostraram sinais invertidos, com alta de 8,76% na comparação de maio com o mês imediatamente anterior e queda de 5,77% em relação ao mesmo período do ano passado.

No total, 1,2 mil coletivos foram licenciados em maio, o que levou o total vendido no acumulado do ano para 5,9 mil ônibus, uma alta de 20,71%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos