Bolsas

Câmbio

ANP reúne agentes do mercado para explicar consulta pública sobre reajuste

Denise Luna

Rio

Com a difícil tarefa de conciliar proteção ao consumidor e independência da Petrobras, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) reúne nesta quarta-feira, 6, os principais agente dos mercado de combustíveis para explicar a consulta pública que será aberta para estudar uma fórmula que resolva esse impasse. A consulta visa a avaliar a periodicidade dos ajustes.

Atualmente os ajustes nas refinarias da Petrobras são diários, com exceção do gás de cozinha, que passou a ser trimestral, e do diesel, que por conta da greve dos caminhoneiros está congelado até a quinta-feira, 7.

Um dos convidados, o presidente da Associação Nacional das Distribuidoras de Combustíveis, Lubrificantes, Logística e Conveniência (Plural), Leonardo Gadotti, afirmou ao Broadcast que ainda é cedo para ter uma opinião sobre o assunto, já que será realizada a consulta pública que definirá as diretrizes para a mudança. Para ele, o importante é que o governo permita a continuidade da política de preços seguindo paridade com os preços internacionais.

"É uma oportunidade de discutir o assunto com todos os agentes. O importante é manter o conceito da paridade internacional, e acredito que esse é o caminho. Vamos participar, contribuir, temos muito interesse em ajudar", afirmou Gandotti.

A ANP informou que a reunião será fechada e não divulgou os agentes que estarão presentes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos