Bolsas

Câmbio

China reforça campanha para proteção aos direitos de propriedade intelectual

Pequim

O governo da China reforçou sua retórica pela proteção dos direitos de propriedade intelectual, uma fonte de crescentes reclamações dos Estados Unidos e da União Europeia. O regulador do mercado chinês começou uma campanha contra produtos falsos vendidos online, prometendo punir severamente qualquer um que infringir marcas domésticas ou estrangeiras, afirmou o Regulador Estatal de Administração do Mercado em comunicado nesta quarta-feira.

Em separado, o Diário do Povo, ligado ao Partido Comunista, afirmou que o fortalecimento de tais proteções ajudam a garantir a competitividade na economia local e oferecem garantias aos investidores estrangeiros na China.

Os EUA têm acusado companhias chinesas de usar acordos de licenciamento injustos e outras práticas inadequadas para minar as companhias americanas que operam na China. Pequim afirma que melhorou a proteção à propriedade intelectual e que avança para liberalizar mais sua economia.

Na semana passada, a UE apresentou uma queixa na Organização Mundial de Comércio (OMC) contra a China, acusando-a de minar direitos de propriedade intelectual com transferências forçadas de tecnologia. Fonte: Dow Jones Newswires.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos