Bolsas

Câmbio

Praet, do BCE, mostra confiança de que inflação está voltando à meta

Berlim

O economista-chefe do Banco Central Europeu (BCE), Peter Praet, sinalizou nesta quarta-feira que dirigentes da instituição estão cada vez mais confiantes de que a inflação da zona do euro voltará à meta oficial, diante do forte crescimento econômico subjacente da região e o avanço dos salários.

"Sinais que mostram a convergência da inflação em direção a nosso objetivo estão se aprimorando", afirmou Praet durante discurso em Berlim, a capital alemã.

Segundo Praet, "tanto a força subjacente da economia da zona do euro quanto o fato de que tal força afeta de forma crescente a formação dos salários apoiam nossa confiança de que a inflação alcançará" a meta do BCE, que é de uma taxa anual ligeiramente abaixo de 2%.

O comentário de Praet indica que o BCE pode estar se preparando para começar a retirar seu programa de relaxamento quantitativo (QE, na sigla em inglês) em breve, apesar de recentes indícios de desaceleração na zona do euro e turbulência política na Itália e Espanha. Pelo QE, o BCE continuará comprando mensalmente 30 bilhões de euros em bônus soberanos e outros ativos até pelo menos setembro.

O discurso de Praet marcou a última fala programada de um dirigente do BCE antes de um período de silêncio que precederá a próxima reunião de política monetária da instituição, que ocorrerá em Riga, capital da Letônia, nos próximos dias 13 e 14.

Praet disse que há sinais de avanço no mercado de trabalho à medida que a taxa de desemprego diminui, o que vem se traduzindo em crescimento mais robusto dos salários. O BCE vê a melhora dos salários como precondição fundamental para cumprir sua meta de inflação.

O ganho anual dos salários na zona do euro subiu de 1,6% no quarto trimestre de 2017 para 1,9% nos três primeiros meses deste ano, destacou Praet.

Praet sugeriu ainda que BCE está próximo de atingir os três critérios que persegue antes de retirar o QE. "As compras líquidas irão vencer" assim que o BCE julgar que esses critérios foram cumpridos, disse ele. Fonte: Dow Jones Newswires.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos