ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

China estabelece fundo de previdência centralizado para garantir pagamentos

Pequim

13/06/2018 04h52

A China vai estabelecer um fundo de previdência centralizado para o qual cada província do país destinará parte de seus recursos previdenciários, uma vez que algumas localidades têm enfrentado dificuldades para pagar aposentadorias.

Além dos atuais subsídios que já recebem do governo central, províncias com déficits previdenciários receberão ajuda do novo fundo, segundo comunicado divulgado hoje pelo Conselho Estatal, como é conhecido o gabinete chinês. Os governos de províncias se responsabilizarão pelo restante do pagamento de pensões.

Algumas províncias, em especial na região nordeste da China, têm mostrado incapacidade de sustentar seus idosos em função da desaceleração do crescimento econômico e do rápido envelhecimento da população, declarou o Ministério de Recursos Humanos no fim do ano passado.

A província de Heilongjiang, por exemplo, teve um rombo previdenciário de mais de 20 bilhões de yuans (US$ 3,12 bilhões) em 2016, informou o ministério na ocasião. Em Heilongjiang, cada grupo de 100 trabalhadores que contribuem para a previdência sustenta mais de 70 aposentados, a maior proporção no país, de acordo com dados de um instituto de pesquisa local.

Embora a China tenha uma das idades de aposentadoria mais baixas do mundo, em torno de 55 anos, Pequim tem adiado planos de aumentá-la gradualmente devido à forte oposição do público em geral. Fonte: Dow Jones Newswires.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia