Bolsas

Câmbio

Não é papel de banco de desenvolvimento competir com o mercado, diz Dyogo

Eduardo Laguna

São Paulo

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Dyogo Oliveira, disse nesta quarta-feira, 13, que o banco de fomento não tem a intenção de concorrer com os bancos privados.

"Não é papel do banco de desenvolvimento competir com o mercado bancário e financeiro. Pelo contrário, a função do BNDES é desenvolver o mercado", disse Dyogo Oliveira ao participar de um seminário sobre empreendedorismo promovido pelo Santander na sede do banco na capital paulista.

Após discursar no evento, o presidente do BNDES afirmou a jornalistas que as incertezas eleitorais contribuem para adiar decisões de investimento, mas, ainda assim, ele reafirmou a previsão do banco de liberar entre R$ 70 bilhões e R$ 80 bilhões em financiamentos neste ano.

A despeito da redução de 20% dos desembolsos entre janeiro e maio - o que, observou, reflete a demanda fraca do ano passado -, Dyogo Oliveira destacou que as consultas, porta de entrada nos financiamentos do BNDES, cresceram 11%, ao passo que as aprovações de crédito avançaram 5% em igual período, o que indica uma melhora nos desembolsos.

Ele reforçou que o BNDES deve anunciar em breve o alongamento de seus prazos de financiamento. Também classificou como factível a meta do banco de vender R$ 10 bilhões em participações da BNDESPar em 2018.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos