ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Não temos intenção de usar yuan como arma no comércio, diz China

Pequim

09/10/2018 06h17

O governo da China afirmou nesta terça-feira que não pretende desvalorizar o yuan para impulsionar suas exportações e rechaçou as preocupações dos Estados Unidos sobre a tendência de baixa da moeda, qualificando as declarações de Washington sobre o assunto como "sem base" e "irresponsáveis". As declarações são feitas em momento de tensão entre os dois países na área comercial.

Porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Lu Kang afirmou nesta terça-feira que Pequim não tem a intenção de realizar uma "desvalorização competitiva" para baratear suas exportações, após o país ser alvo de tarifas do governo do presidente americano, Donald Trump. Pedindo anonimato, uma autoridade americana afirmou a repórteres em Washington que o governo Trump se preocupa com o enfraquecimento do yuan.

A moeda chinesa, rigidamente controlada pelas autoridades locais, atingiu mínima em 22 meses ante o dólar na segunda-feira, a 6,93 yuans por dólar, antes de se recuperar um pouco nesta terça-feira.

Lu disse que as declarações da autoridade americana eram "especulação sem base e irresponsável". Fonte: Associated Press.

Mais Economia