ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Maior vantagem de Bolsonaro em pesquisas coincide com inversão de fluxo cambial

Eduardo Rodrigues

Brasília

10/10/2018 14h25

A inversão do fluxo cambial na primeira semana de outubro coincidiu com o otimismo dos investidores em relação ao aumento da vantagem do candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, sobre o petista Fernando Haddad nas pesquisas eleitorais pré primeiro turno, na semana passada.

Na última semana de setembro (24 a 28), enquanto as pesquisas eleitorais ainda apontavam um cenário apertado na disputa ao Palácio do Planalto, o fluxo cambial total havia ficado negativo em US$ 2,735 bilhões. Naquela semana, o canal financeiro apresentou saída líquida de US$ 2,839 bilhões, resultado de aportes no valor de US$ 8,493 bilhões e de envios no total de US$ 11,332 bilhões.

Já na primeira semana de outubro (dias 1 a 5), o fluxo cambial foi positivo em US$ 3,083 bilhões, na medida em que as principais pesquisas eleitorais mostravam o crescimento de Bolsonaro nas intenções de voto nas vésperas do pleito.

Na semana passada, o canal financeiro apresentou ingressos líquidos de US$ 3,497 bilhões. Isso é resultado de entradas no valor de US$ 12,488 bilhões e de retiradas no total de US$ 8,991 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

Mais Economia