ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

BC chinês não faz injeções via linha de médio prazo em outubro

Pequim

01/11/2018 07h40

O Banco do Povo da China (PBoC, o banco central chinês) informou hoje que não fez injeções de capital por meio de sua linha de crédito de médio prazo em outubro, depois de liberar quase US$ 175 bilhões em fundos ao reduzir o volume de reservas que a maioria dos bancos comerciais precisa reter.

Instituições financeiras usaram parte dos recursos liberados pelo corte de compulsório definido pelo PBoC para devolver 451,5 bilhões de yuans (US$ 64,7 bilhões) em empréstimos tomados da linha de médio prazo, informou o BC chinês. A redução de compulsório entrou em vigor em 15 de outubro.

Por outro lado, o PBoC liberou no mês passado 74,1 bilhões de yuans em empréstimos líquidos a três bancos estatais que auxiliam na implementação de políticas de Pequim, através da chamada linha de crédito suplementar. Essa ferramenta é basicamente usada para financiar projetos de infraestrutura.

Além disso, o BC chinês injetou em outubro 29,2 bilhões de yuans no sistema bancário por meio de sua linha de crédito permanente. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais Economia