Topo

Levy diz que parceria com bancos comerciais é 'absolutamente fundamental'

Renata Batista e Vinicius Neder

Rio

08/01/2019 13h58

Em discurso durante cerimônia de transmissão de cargo no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no Rio, o novo presidente da instituição, Joaquim Levy, citou a parceria com os bancos comerciais como "absolutamente fundamental".

A referência foi logo no início do discurso, na parte dos agradecimentos, ao citar a presença no evento do presidente da Febraban, Murilo Portugal. O presidente do Conselho de Administração do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, também prestigiou a cerimônia no Rio.

"A parceria com os bancos comerciais é absolutamente fundamental para o sucesso do BNDES", disse Levy, após destacar a presença de Portugal.

A cerimônia de transmissão de cargo encheu o auditório da sede do BNDES. Além de Portugal e Trabuco, estiveram por lá o ex-presidente do Banco Central (BC) Carlos Langoni, hoje na Fundação Getulio Vargas (FGV), e o economista-chefe do banco Safra, Carlos Kawall, que sucedeu Levy como secretário do Tesouro Nacional, ainda no primeiro governo Luiz Inácio Lula da Silva, quando Antonio Palocci era ministro da Fazenda.

O governador do Rio, Wilson Witzel, também participou da cerimônia, ficando a cargo do discurso de encerramento. A maior parte do público da cerimônia era formada por funcionários do BNDES - o corpo técnico foi objeto de elogios, tanto do ex-presidente, Dyogo Oliveira, quanto de Levy.

Mais Economia