IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

Venda de veículos na Argentina deve cair para 680 mil unidades, diz Anfavea

André Ítalo Rocha

São Paulo

08/01/2019 13h39

A venda de veículos na Argentina deve cair em 2019 pelo segundo ano consecutivo e atingir o nível de 680 mil unidades, estima a Anfavea, associação que reúne as montadoras instaladas no Brasil.

Segundo a Acara, associação de concessionárias de veículos da Argentina, as vendas em 2018 somaram 802 mil unidades, queda de 10,9% em comparação com 2017, ano em que o mercado argentino bateu recorde, com 900 mil unidades vendidas.

A expectativa de vendas na Argentina em 2019 é importante para as montadoras do Brasil porque o país vizinho é o principal comprador de veículos brasileiros, com 70% de participação.

O mercado argentino começou a piorar em maio do ano passado, quando as condições de crédito ficaram mais restritas aos consumidores, em razão do aumento dos juros básicos, que mais que dobraram em 2018, para cerca de 60% ao ano, num cenário de inflação maior e moeda local desvalorizada.

Em razão da expectativa de continuidade da crise na Argentina em 2019, a Anfavea acredita que as exportações brasileiras de veículos como um todo vão cair novamente este ano, para 590 mil unidades, um recuo de 6,2% em relação a 2018.

Economia