PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

CVM questiona Petrobras sobre ausência de comunicação oficial sobre diesel

Fernanda Nunes

Rio

12/04/2019 19h02

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) abriu processo no qual questiona a Petrobras da ausência de comunicação diante de um fato relevante - a decisão de manter o preço do diesel congelado, após ter anunciado, horas antes, que reajustaria o combustível em 5,7%.

O processo partiu da gerência de Acompanhamento de Empresas da CVM, por conta da enxurrada de notícias sobre o tema publicadas ao longo desta sexta-feira. O presidente da República, Jair Bolsonaro, após evento, disse ter telefonado para o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, exigindo a manutenção do preço do diesel, que tem efeito sobre a inflação. Com consequência, as ações da estatal despencaram.

Oficialmente, a Petrobras não fez qualquer comunicado ao mercado. Não há registro nesta sexta-feira de fato relevante sobre o tema. Na mesma linha, a companhia apenas se posicionou à imprensa na quinta-feira, quando provocada, no fim da noite. Procurada, por meio da assessoria, a petroleira não respondeu os questionamentos sobre os efeitos da decisão de congelamento sobre o caixa e o programa de venda de refinarias.