IPCA
0.01 Jun.2019
Topo

Finanças pessoais


Cliente do Nubank terá nova opção de aplicação

Divulgação
Imagem: Divulgação

Mariana Lima

2019-06-04T07:07:00

04/06/2019 07h07

A partir de hoje, a startup de serviços financeiros Nubank vai oferecer uma nova opção de aplicação aos seus clientes: investimentos em Recibos de Depósito Bancário (RDB), que possuem rendimentos parecidos com o tradicional Certificado de Depósito Bancário (CDB) e cobertura do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) em até R$ 250 mil.

O RDB é também o primeiro produto oferecido pela NuFinanceira, criada pela startup após receber aval do Banco Central para se tornar uma instituição financeira, no fim de 2018. Por enquanto, a novidade estará disponível para uma fração dos 4,8 milhões de usuários da conta bancária da startup, a chamada NuConta. Segundo a empresa, o RDB chegará a todos os clientes em duas semanas.

A opção é a segunda oferta de investimentos do Nubank --desde 2017, a startup aplica automaticamente os depósitos dos usuários da NuConta em dois tipos de títulos públicos federais, atrelados à Selic e à Taxa Referencial. Como diferencial, a aplicação tinha liquidez diária, mas não contava com proteção do FGC. A partir de agora, o usuário poderá escolher em qual das duas opções deixará sua aplicação automática.

Para o consultor financeiro André Massaro, o RDB é uma boa opção para investidores que miram em baixo risco. "A diferença dos dois é que o RDB não possui liquidez nem permite transferência do papel", diz. "Assim, é necessário esperar um tempo para sacar os valores investidos nessa aplicação."

Questionado sobre o tema, o Nubank afirma que vai permitir liquidez diária para o RDB --os valores poderão ser utilizados via transferência bancária, pagamento de boleto ou até mesmo o cartão de débito via Banco 24 Horas. A garantia da liquidez, segundo a instituição, virá de seu próprio caixa, que será responsável pelos pagamentos.

As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Mais Finanças pessoais