IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Etanol recua em 20 Estados e no DF, diz ANP; preço médio cai 1,16% no país

São Paulo

25/06/2019 11h42

Os preços médios do etanol hidratado recuaram em 20 Estados brasileiros e no Distrito Federal na semana passada, de acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilado pelo AE-Taxas. Houve alta em cinco Estados e no Amapá não foi feita avaliação.

Na média dos postos brasileiros pesquisados pela ANP houve recuo de 1,16% no preço médio do etanol na semana passada ante a anterior, de R$ 2,836 para R$ 2,803.

Em São Paulo, principal Estado produtor, consumidor e com mais postos avaliados, houve recuo de 1,41% no período e a cotação média do hidratado variou de R$ 2,630 para R$ 2,593 o litro. A maior queda semanal, de 5,49%, foi em Alagoas e a maior elevação, de 2,41%, foi na Bahia.

Na comparação mensal, os preços do etanol recuaram em 24 Estados e no Distrito Federal e subiram apenas em 1 Unidade da Federação (Paraíba, 2,11%). Sem avaliação na semana passada, não houve base de comparação mensal no Amapá.

Com a ajuda da queda de 9,28% nos preços do etanol em Mato Grosso, na média brasileira o preço do biocombustível pesquisado pela ANP acumulou baixa mensal de 6,72%.

O preço mínimo registrado na semana passada para o etanol em um posto foi de R$ 2,169 o litro, em São Paulo e o menor preço médio, de R$ 2,443, foi em Mato Grosso.

O preço máximo individual de R$ 4,970 o litro, foi registrado em um posto do Pará e o Rio Grande do Sul registrou o maior preço médio, de R$ 4,157 o litro.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Economia