IPCA
0.01 Jun.2019
Topo

Grupo Alimentação e Bebidas cai 0,64% e gera maior impacto negativo no IPCA-15

Daniela Amorim

Rio

2019-06-25T10:53:00

25/06/2019 10h53

As famílias brasileiras gastaram 0,64% menos com alimentação em junho, após os preços terem ficado estáveis (0,0%) em maio, segundo dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) divulgados nesta terça-feira, 25, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O grupo Alimentação e Bebidas deu a maior contribuição negativa para o IPCA-15 deste mês: -0,16 ponto porcentual.

O custo da alimentação no domicílio recuou 0,82% em junho. Houve reduções de preços no feijão carioca (-14,99%), tomate (-13,43%), feijão-mulatinho (-11,48%), batata-inglesa (-11,30%), feijão-preto (-8,84%) e frutas (-5,25%).

Por outro lado, ficaram mais caros o leite longa vida (2,80%) e as carnes (0,64%), com impactos de 0,03 ponto porcentual e 0,02 ponto porcentual, respectivamente.

A alimentação fora de casa recuou 0,33% em junho, puxada pelo item refeição fora do domicílio, 0,87% mais barata no mês.

Mais Economia