IPCA
0.11 Ago.2019
Topo

Para Ipea, taxas negativas de juros no mundo podem ter efeito positivo no Brasil

Denise Luna

Rio

27/06/2019 14h12

O presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Carlos von Doellinger, disse nesta quinta-feira, 27, que taxas negativas de juros podem ajudar a demanda de países e regiões que as praticam, como União Europeia e Japão, mas que também podem ter efeitos no Brasil.

"Taxas negativas podem ajudar a demanda desses países, pode vir aí um estimulo favorável à economia mundial que pode ter efeito de puxar países como o Brasil....Estamos vivendo uma mudança de foco para (juro) zero ou negativo, falta o Banco Central daqui aderir", disse, em tom de brincadeira durante coletiva para divulgar as novas projeções do órgão ligado ao Ministério da Economia.

Entre outras estimativas, o Ipea reduziu de 2% para 0,8% o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) para 2019, mesmo que seja aprovada a reforma da Previdência.

Sem a aprovação do texto que tramita no Congresso, as perspectivas para os próximos 12 anos são de estabilidade ou queda do PIB, com uma forte crise econômica.

Mais Economia