PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Azul diz que abertura de Congonhas para novos entrantes não acirra competição

Fabiana Holtz

São Paulo

26/07/2019 14h08

Embora comemore a decisão da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) de redistribuir os horários de pousos e decolagens (slots) da Avianca, a Azul acredita que essa abertura para novos entrantes aumenta o número de empresas presentes em Congonhas mas não acirra a competição.

Em nota enviada à imprensa, a aérea alerta para o fato de que, "sem providências adicionais, será inevitável a fragmentação dos voos entre várias empresas entrantes em Congonhas, subaproveitando a oferta de assentos e a receita da administração aeroportuária".

A operação desses slots com aeronaves menores, na visão da companhia, representa um uso ineficiente de recursos públicos, impedindo a entrada efetiva de qualquer novo concorrente na ponte aérea Congonhas-Rio e Congonhas-Brasília.