Topo

Ata: processo de reformas e ajustes na economia tem avançado

Fabrício de Castro

Brasília

06/08/2019 09h06

O Banco Central (BC) enfatizou nesta terça-feira, 6, por meio da ata do último encontro do Comitê de Política Monetária (Copom), que "o processo de reformas e ajustes necessários na economia brasileira tem avançado". Ao mesmo tempo, o BC afirmou que "a continuidade desse processo é essencial para a queda da taxa de juros estrutural e para a recuperação sustentável da economia".

Estas ideias já haviam sido expressas pelo BC no comunicado do último encontro do Copom, divulgado na quarta-feira passada. Na ocasião, o colegiado reduziu a Selic de 6,50% para 6,00% ao ano. Com isso, interrompeu uma sequência de dez reuniões consecutivas sem alterações na taxa básica.

Entre as reformas pretendidas pelo governo, a principal é a da Previdência, cujo projeto passou em primeiro turno no plenário da Câmara dos Deputados e pode ser votado em segundo turno ainda nesta semana.

Na ata desta segunda, o Copom ressaltou ainda que "a percepção de continuidade da agenda de reformas afeta as expectativas e projeções macroeconômicas correntes". "Em particular, o Comitê julga que avanços concretos nessa agenda são fundamentais para consolidação do cenário benigno para a inflação prospectiva", acrescentou a instituição por meio da ata.

Mais Economia