Topo

Gasto com Alimentação e bebidas sobe 0,01% no IPCA de julho, diz IBGE

Daniela Amorim

Rio

08/08/2019 11h42

O grupo Alimentação e bebidas saiu de uma queda de preços de 0,25% em junho para uma ligeira alta de 0,01% em julho, dentro do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A contribuição do grupo para a inflação saiu de -0,06 ponto porcentual para 0,00 ponto porcentual no período.

Os custos da alimentação fora de casa subiram 0,15% em julho. Ao mesmo tempo, os alimentos para consumo no domicílio recuaram 0,06%.

As famílias pagaram mais pela cebola (alta de 20,70% e contribuição de 0,03 ponto porcentual), frutas (2,51% e 0,03 ponto porcentual) e carnes (1,10% e 0,03 ponto porcentual).

Por outro lado, ficaram mais baratos o tomate (-11,28% e -0,04 ponto porcentual), o feijão carioca (-8,86% e -0,02 ponto porcentual), as hortaliças (-4,98% e -0,01 ponto porcentual) e a batata inglesa (-3,68% e -0,01 ponto porcentual).

Economia