IPCA
0.11 Ago.2019
Topo

Jorge Gerdau critica reforma tributária gradual e alerta para custo Brasil

Fernanda Guimarães*

Brasília

21/08/2019 12h41

Jorge Gerdau, que hoje preside o Conselho Superior do Movimento Brasil Competitivo, disse que a reforma tributária que começa a ser discutida no País não pode ser gradual e cobrou, ainda, mais assertividade da indústria brasileira, que deveria, em sua visão, ser mais participativa nessa discussão. Gerdau disse que o custo Brasil mina a competitividade da indústria, o que afeta, inclusive, a exportação. Segundo ele, a globalização é algo que se está dado no mundo, não é algo político, e o Brasil está atrasado no sentido de estar preparado para esse novo contexto mundial.

O executivo disse que uma reforma tributária gradual, que leve dez anos para realizar mudanças importantes, não é suficiente.

"A mobilização é extremamente importante neste momento. A abertura comercial é uma tendência mundial", disse.

Segundo ele, a indústria brasileira, apesar do custo Brasil, consegue ser competitiva.

*A repórter viajou a convite do IABr

Mais Economia