IPCA
0.11 Ago.2019
Topo

Presidente da Abimaq critica plena abertura comercial brasileira

Fernanda Guimarães*

Brasília

21/08/2019 11h52

O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), José Velloso Dias Cardoso, disse que uma ampla abertura comercial no Brasil traria mais vantagens para os parceiros comerciais do País do que para a economia brasileira. "Os resultados de longo prazo seriam ínfimos, mesmo as variáveis macroeconômicas", disse, em apresentação no Congresso Brasileiro do Aço, organizado pelo Instituto Aço Brasil (IABr).

O executivo citou pesquisa realizada pela entidade que mostrou que a abertura comercial geraria ganho de bem estar no exterior 21 vezes superior ao gerado a quem está no Brasil. "Teria mais vantagem para as empresas que se relacionam conosco", disse.

Ele comentou, ainda, que a abertura parcial tem risco de desmontar setores específicos sem contrapartidas positivas.

*A repórter viajou a convite do IABr

Mais Economia