PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Rolagem segue em redução em títulos de longo prazo, diz BC

Fabrício de Castro e Eduardo Rodrigues

Brasília

26/08/2019 16h46

O chefe do Departamento de Estatísticas do Banco Central, Fernando Rocha, comentou nesta segunda-feira, 26, que a taxa de rolagem para títulos de longo prazo continua na trajetória de redução, com migração dessas operações para empréstimos externos. Em agosto, até o dia 22, a taxa de rolagem de títulos foram de 745%. "Houve um ingresso de US$ 168 milhões, com remessas de apenas US$ 22 milhões até agora", detalhou.

No caso dos empréstimos, a taxa de rolagem até o dia 22 de agosto está 356%. Com isso, a taxa de rolagem total em agosto, até do dia 22, é de 365%.

O Banco Central informou nesta segunda que a taxa de rolagem de empréstimos de médio e longo prazos captados no exterior ficou em 83% em julho. Esse patamar significa que não houve captação de valor em quantidade para rolar compromissos das empresas no período.

De acordo com os números apresentados nesta segunda pelo BC, a taxa de rolagem dos títulos de longo prazo ficou em 2% em julho. Em igual mês de 2018, havia sido de 328%. Já os empréstimos diretos atingiram 222% no mês passado, ante 103% de julho do ano anterior.

No ano até julho, a taxa de rolagem total ficou em 76%. Os títulos de longo prazo tiveram taxa de 24% e os empréstimos diretos, de 154% no período. O BC estima taxa de rolagem de 85,0% para 2019.