PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Faturamento da indústria de máquinas sobe 2,4% em julho ante junho, diz Abimaq

Karla Spotorno

São Paulo

27/08/2019 14h00

O faturamento da indústria de máquinas e equipamentos subiu 2,4% em julho em relação a junho, segundo divulgou nesta terça-feira, 27, a Abimaq, entidade que representa as empresas do setor.

Na comparação com julho do ano passado, o faturamento recuou 5,2% e, no acumulado dos primeiros sete meses do ano, registrou um crescimento de 2,4%.

Segundo a Abimaq, o consumo aparente da indústria de máquinas e equipamentos, que considera o consumo interno de parte da produção do setor mais as importações, subiu 1,7% em julho ante junho.

Na comparação de julho ante o mesmo mês do ano passado, houve queda de 0,9%. No acumulado dos primeiros sete meses de 2019, a Abimaq registrou crescimento de 9,6% no consumo aparente.

Exportações

As exportações de máquinas, equipamentos e componentes cresceram 24,1% em julho ante junho, de acordo com a Abimaq. Na comparação com julho do ano passado, houve crescimento da mesma magnitude (24,1%). No acumulado do ano até julho, houve queda de 3,2%.

Em valores, as exportações em julho somaram US$ 846,24 milhões. No ano até o mês passado, as exportações somaram US$ 5,278 bilhões.

As importações subiram 11,1% em julho ante junho. Na comparação de julho com julho de 2018, houve um crescimento de 19,9% e, no acumulado do ano, avanço de 10,8%. Em valores, as importações somaram em julho US$ 1,674 bilhão. E no ano, US$ 9,455 bilhões.

O saldo entre exportações e importações em julho foi deficitário em US$ 828,69 milhões e no ano, de US$ 4,176 bilhões.

Emprego

O nível de emprego na indústria de máquinas e equipamentos teve leve alta de 0,6% em julho ante junho, de acordo com a Abimaq. Com isso, o quadro de empregados diretos no setor no mês passado era de 308.967 trabalhadores.

Na comparação com julho do ano passado, o número de empregados no setor cresceu 3,5%. No acumulado do ano até julho, houve um crescimento de 4,1% no nível de emprego do setor.

No ano, o setor de máquinas e equipamentos registrou uma média de 306.667 empregados diretos.