PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Com 'pânico' pós-downgrade da Argentina, BCRA pode comprar títulos no mercado

Nicholas Shores

São Paulo

30/08/2019 14h32

O Banco Central da República Argentina (BCRA) circulou nesta sexta-feira a Comunicação A 6767 estipulando que poderá comprar no mercado secundário títulos como Letras do Tesouro Capitalizáveis (Lecaps) em pesos e Letras do Tesouro (Letes) em dólares, "a preço único ou múltiplo e pro rata". As operações serão realizadas por meio de leilões "dos quais poderão participar somente os Fundos Comuns de Investimento por meio de instituições financeiras".

Ao Broadcast, o economista argentino Gabriel Zelpo afirmou tratar-se de uma medida para dar liquidez a esses fundos, frente ao "pânico" nos mercados com o rebaixamento, ontem, do rating da Argentina pela agência de classificação de risco S&P Global Ratings de B- para SD (default seletivo), que levou a uma onda de resgates por poupadores.

"Como medida paliativa e para poder responder aos resgates dos poupadores, o BCRA dá liquidez", explica Zelpo.

Rating.

Ainda na quinta-feira, o Ministério da Fazenda do país vizinho dizia que a qualificação de calote seletivo pela S&P "estará em vigência só por um dia", apontando para trecho do comunicado da agência de classificação de risco segundo o qual, "como os novos termos" para os repagamentos da dívida de curto prazo "se tornam efetivos imediatamente, o default também foi curado".

"Portanto, planejamos elevar os ratings de longo prazo para CCC- e os de curto prazo para C em 30 de agosto", escreveu a S&P.

Há pouco, o Ministério da Fazenda divulgou o calendário com as novas datas de repagamento da dívida, passo apontado como condição para que a agência efetive a elevação dos ratings.