PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Leilão de energia nova A-6 entra na segunda etapa, a fase contínua

Wellington Bahnemann

São Paulo

18/10/2019 10h46

O leilão de energia nova A-6 já está na sua segunda etapa, a fase contínua. Neste momento, tem início a negociação da energia pelo menor preço, com base no volume declarado pelos empreendedores na etapa inicial.

O preço-teto para os projetos hídricos é de R$ 285/MWh, para as usinas eólicas, R$ 189/MWh, paras os empreendimentos solares, R$ 209/MWh, e para as térmicas, R$ 292/MWh.

O leilão é reverso, e tem a energia contratada os projetos que oferecerem o maior deságio em relação ao preço-teto para cada fonte participante.

Neste momento, o preço corrente para hidrelétricas é de R$ 269/MWh, para eólicas, R$ 171,14/MWh, para usinas solares, R$ 141/MWh, e para térmicas, R$ 41,34/MWh.

Este é o 30º leilão de energia nova A-6, com objetivo de contratação da demanda das distribuidoras em 2025. Para este certame, a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) habilitou 1.541 projetos de parques eólicos, usinas solares, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) e termelétricas a gás natural, biomassa e carvão mineral. No total, os empreendimentos somam 71,385 mil MW de capacidade instalada.