PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

Expectativa é que dívida em relação a PIB fique em 77% ou até menos, diz Mansueto

O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida - Pedro Ladeira/Folhapress
O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida Imagem: Pedro Ladeira/Folhapress

Bárbara Nascimento e André Ítalo Rocha

São Paulo

12/12/2019 17h11

O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, disse nesta quinta-feira, 12, à GloboNews que a expectativa é de que a dívida pública fique em cerca de 77% do Produto Interno Bruto (PIB), "ou até menos". Para ele, em 3 ou 4 anos essa curva pode começar a descender.

Segundo Mansueto, isso significa que o ajuste será menor. "O tamanho do ajuste fiscal diminuiu. Isso é bom porque o corte de despesa ao longo dos próximos anos será menor", comentou.

Agências de rating

O secretário do Tesouro Nacional disse também há uma tendência de que as demais agências de classificação de risco olhem a economia brasileira com "mais cuidado" após a S&P ter melhorado a perspectiva da nota brasileira.

Na quarta-feira, 12, a agência manteve o rating brasileiro, mas melhorou a perspectiva de estável para positiva. "As agências vão ver o que a S&P fez e revisar a nota."

"Quando uma agência melhora, todas as outras olharão os dados com mais cuidado. Acho que outras agências vão ter que claramente olhar para esse cenário mais positivo", disse Mansueto, destacando as cerca de 30 empresas que também tiveram melhora no rating.

Economia