PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Para BC, descolamento do real ante moedas de outros países emergentes já acabou

Fabrício de Castro e Eduardo Rodrigues

Brasília

19/12/2019 16h23

O presidente Banco Central, Roberto Campos Neto, avaliou nesta quinta-feira, 19, que o descolamento do real em relação às moedas de outros países emergentes já acabou. "O importante no câmbio é olhar não apenas o real contra o dólar, mas o movimento global de moedas. Olhamos se existe algum deslocamento do real em relação a países que têm economias semelhantes", explicou. "O real teve uma depreciação parecida com a de outros países emergentes, depois descolou, e agora voltou a ter uma variação parecida com essa cesta de moedas", completou.

Segundo Campos Neto, o dólar tem se valorizado globalmente, devido ao diferencial de crescimento da economia americana em relação a outras economias. "Parte do movimento do câmbio é global, parte são fatores internos."

Tributação

Após o ministro da Economia, Paulo Guedes, aventar a criação de imposto sobre operações digitais para compensar a desoneração da folha de pagamentos, o presidente Banco Central considerou que a criação do tributo terá impacto sobre o setor financeiro. "Todo imposto sobre intermediação financeira tem impacto. Mais é preciso entender qual é o imposto e qual será o tipo de impacto. Mas o BC não comenta esse tema, que é do Ministério da Economia", respondeu.