PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Confiança do Comércio sobe 1,3 ponto em janeiro ante dezembro, revela FGV

Daniela Amorim

Rio

27/01/2020 08h31

O Índice de Confiança do Comércio (Icom) subiu 1,3 ponto na passagem de dezembro para janeiro, para 98,1 pontos, informou nesta segunda-feira, 27, a Fundação Getulio Vargas (FGV). No índice de médias móveis trimestrais, o indicador avançou 0,2 ponto em janeiro.

Segundo a FGV, a melhora na confiança neste início do ano de 2020 é puxada pela melhora das expectativas, que voltaram a subir depois de um período de espera dos empresários no final do ano passado.

"Por outro lado, os indicadores de situação atual que vinham apresentando resultados mais positivos no final de 2019, recuaram em janeiro. Essa combinação de resultados mostra que o cenário de recuperação gradual persiste, ainda dependente de sinais mais fortes do mercado de trabalho e da confiança dos consumidores", avaliou Rodolpho Tobler, coordenador da Sondagem do Comércio no Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Ibre/FGV), em nota oficial.

Em janeiro, houve melhora na confiança em quatro dos seis segmentos pesquisados. O Índice de Expectativas (IE-COM) subiu 3,8 pontos, para 104,4 pontos. Já o Índice de Situação Atual (ISA-COM) recuou 1,1 ponto, para 91,9 pontos.

O Indicador de Desconforto do Varejo Ampliado - composto pela média das parcelas padronizadas demanda insuficiente, acesso ao crédito bancário e custo financeiro como limitações a melhoria dos negócios - subiu 1 ponto em janeiro ante dezembro, em médias móveis trimestrais, após oito meses de quedas consecutivas. A alta do indicador mostra que os empresários continuam encontrando limitações no ambiente de negócios.

A coleta de dados para a edição de janeiro da Sondagem do Comércio foi realizada entre os dias 2 e 23 do mês e obteve informações de 815 empresas.