PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

'A gente não vê pressão de demanda no IPCA', afirma gerente do IBGE

Daniela Amorim

Rio

07/02/2020 11h57

A inflação oficial no País ainda não mostra sinais de pressão de demanda, afirmou Pedro Kislanov, gerente do Sistema Nacional de Índices de Preços do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) teve elevação de 0,21% em janeiro, menor resultado para o mês desde o início do Plano Real.

"A gente não vê pressão de demanda no índice do mês. Foi o menor resultado para o IPCA de janeiro desde o Plano Real. Houve uma desaceleração em alguns componentes da inflação de serviços, que é o que melhor reflete a demanda sobre preços, sobre a inflação. Embora a economia esteja recuperando, com redução da taxa de desemprego, a gente não sente ainda um efeito grande em termos de demanda no resultado da inflação", avaliou Kislanov.

A inflação de serviços desacelerou de uma alta de 0,73% em dezembro para 0,28% em janeiro, dentro do IPCA. Já os preços de bens e serviços monitorados pelo governo avançaram de uma alta de 0,35% em dezembro para 0,51% em janeiro.