PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Medidas para auxiliar as empresas aéreas estão 'na pauta', diz Bolsonaro

Bolsonaro confirmou hoje que medidas para auxiliar as empresas aéreas em função do novo coronavírus estão "na pauta". -
Bolsonaro confirmou hoje que medidas para auxiliar as empresas aéreas em função do novo coronavírus estão "na pauta".

Amanda Pupo e Emilly Behnke

Da agência Estadão Conteúdo, em Brasília

17/03/2020 19h57

O presidente Jair Bolsonaro confirmou hoje que medidas do governo federal para auxiliar as empresas aéreas em função do novo coronavírus estão "na pauta".

"Existe, está na pauta, talvez o Paulo Guedes [ministro da Economia] anuncie", disse o presidente ao ser questionado sobre o tema na entrada do Palácio da Alvorada.

Sem detalhar quais seriam as iniciativas, Bolsonaro emendou dizendo que, se não houver colaboração, o quadro envolvendo a crise que afeta as companhias fica "muito mais caro".

Isso porque, na avaliação do presidente, com demissões ocorrendo no setor, todos serão afetados. "O que a gente pensa aqui: fica muito mais caro se você não colaborar. Porque demissões virão, e quando vem demissões todo mundo perde", disse Bolsonaro.

Ele aproveitou para afirmar que, se o Brasil tivesse uma legislação trabalhista "mais simples", que atendesse tanto patrões como empregados, e "não apenas um lado", seria menos difícil enfrentar uma situação como essa.

"O patrão que tem que pagar os encargos trabalhistas, o FGTS. Nosso lado de cá, fica o seguro-desemprego. Nossa legislação é complexa, quando você manda embora a mesma empresa pode admitir a pessoas seis meses depois, não é fácil no Brasil. Se tivéssemos uma legislação trabalhista mais simples, onde pudesse atender patrões e empregados, não apenas um lado, estaria menos difícil enfrentar uma situação como essa", afirmou Bolsonaro.

Nesta tarde, a agenda do ministro da Economia, Paulo Guedes, foi atualizada para incluir duas reuniões, por videoconferência, com os CEOs da Latam e da Gol, separadamente, que ocorreriam às 16h30 e 17h30.