PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Participantes disseram que Fed está preparado para aumentar compras de ativos

Iander Porcella, André Marinho, Gabriel Bueno da Costa e Eduardo Gayer

São Paulo

08/04/2020 17h17

A ata da reunião extraordinária de 15 de março do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) mostrou que os dirigentes da instituição estão preparados para aumentar a compra de ativos em meio à pandemia de coronavírus. "As operações de recompra foram ampliadas para atender à piora acentuada nos mercados de financiamento", diz o documento.

Os participantes da reunião de política monetária do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) disseram que, antes do encontro, os níveis de liquidez no mercado de títulos corporativos estavam muito baixos e os mercado estavam "excepcionalmente voláteis", com a disseminação global do coronavírus.

Segundo os dirigentes, também foi relatado um declínio de liquidez no mercado de Treasuries e as condições de financiamento nos mercados de crédito ao consumidor pioraram.

"A turbulência no mercado se espalhou nos mercados de títulos municipais", diz a ata.

De acordo com os dirigentes, as condições de financiamento de curto prazo também se deterioraram e a liquidez nos mercados de Commercial Paper "secou" antes da reunião, em que o Fed cortou os juros para a faixa entre 0% e 0,25% ao ano e retomou seu programa de relaxamento quantitativo (QE, na sigla em inglês).