PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

UE: fundo contra crise do coronavírus deve mobilizar 1 trilhão de euros

Iander Porcella

23/04/2020 15h36

Após uma reunião virtual na tarde desta quinta-feira, 23, o Conselho Europeu anunciou que trabalhará na criação de um fundo de recuperação da crise do coronavírus. Segundo a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, que classificou os impactos da covid-19 como "sem precedentes", o montante a ser mobilizado para a retomada econômica na Europa deve ser de 1 trilhão de euros e será proposto um aumento no espaço orçamentário da UE.

"Hoje todos concordamos em trabalhar em um fundo de recuperação específico dedicado à crise da covid-19, necessário e urgente, grande o suficiente para lidar com a extensão da crise e direcionado aos setores e partes geográficas mais afetados da Europa", disse o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, em coletiva de imprensa após a reunião.

A presidente da Comissão Europeia explicou que o fundo terá quatro pilares: aumento do apoio financeiro ao investimento, transformação digital e ambiental, aumento das ferramentas de resposta à crise e apoio aos países que compõem o bloco. Segundo von der Leyen, a recuperação no continente não será simétrica e será preciso encontrar um equilíbrio entre subsídios e empréstimos. Para Michel, é necessário um mercado comum em "pleno funcionamento" e coordenação para a retirada gradual das medidas de isolamento social.

De acordo com os líderes do Conselho Europeu, houve acordo sobre a estrutura e a necessidade do fundo de recuperação, porém haverá mais debates nos próximos dias. Segundo von der Leyen, os países da UE já distribuíram 1,8 trilhão em ajuda estatal.

PUBLICIDADE