PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Faturamento do setor de máquinas cresceu 8% em março ante fevereiro, diz Abimaq

Francisco Carlos de Assis

São Paulo

28/04/2020 13h30

A indústria brasileira de máquinas e equipamentos percebeu em março um faturamento líquido 8% maior que o registrado em fevereiro e 10,6% acima do mesmo mês em 2019. Os números foram divulgados nesta terça-feira, 28, pela Associação o Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), entidade que reúne as empresas do setor.

No primeiro trimestre, o faturamento do setor recuou 5,2% na comparação com o último trimestre de 2019. Já na comparação com o primeiro trimestre do ano passado, houve um crescimento de 2,3%.

Segundo o Departamento Econômico da Abimaq, na margem, mesmo influenciado pela desaceleração dos investimentos, o comportamento da indústria de máquinas e equipamentos manteve o crescimento sazonal do mês de março, mas em nível bastante fraco.

"Em março de 2020, o setor de máquinas e equipamentos registrou faturamento de R$ 10,9 bilhões, abaixo das expectativas, em razão da desaceleração dos investimentos no mercado internacional e também em diversos setores da economia doméstica", disseram os economistas da entidade.

No primeiro trimestre de 2020 a receita líquida do setor fabricante de máquinas e equipamentos chegou a R$ 29 bilhões, 5,2% abaixo do último trimestre de 2019, mas 2,3% acima do primeiro trimestre de 2019.

As vendas internas somaram R$ 20 bilhões no mesmo período, confirmando a queda de 5,3% sobre o trimestre anterior e crescimento de 3,7% em relação ao mesmo trimestre de 2019.

"A desaceleração das vendas de bens produzidos localmente no mercado doméstico neste primeiro trimestre do ano refletiu o esmorecimento da atividade econômica brasileira já no 4º trimestre do ano passado, mas se aprofundou neste último, em razão também do impacto da pandemia da Covid-19 na economia global", disseram os economistas.