PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

IPP sobe 1,32% em março ante 0,81% em fevereiro, revela IBGE

Vinicius Neder

Rio

30/04/2020 09h34

O Índice de Preços ao Produtor (IPP), que inclui preços da indústria extrativa e de transformação, registrou alta de 1,32% em março, informou nesta quinta-feira, 30, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa de fevereiro foi revista de uma alta de 0,70% para avanço de 0,81%.

O IPP mede a evolução dos preços de produtos na "porta da fábrica", sem impostos e fretes, da indústria extrativa e de 23 setores da indústria de transformação. Com o resultado de fevereiro, o IPP de indústrias de transformação e extrativa acumulou aumento de 2,50% no ano de 2020. A taxa acumulada em 12 meses foi de 6,45%.

Considerando apenas a indústria extrativa, houve recuo de 17,12% em março, após a alta de 5,51% registrada em fevereiro. Já a indústria de transformação registrou aumento de 2,28% em março, ante avanço de 0,58% no IPP de fevereiro.

Bens de consumo

Os preços dos bens de consumo na porta da fábrica aumentaram 1,93% em março ante fevereiro. Com isso, os bens de consumo contribuíram com 0,74 ponto porcentual (p.p.) da alta de 1,32% registrada no IPP em março.

Já os preços dos bens de capital na porta da fábrica aumentaram 2,71% em março ante fevereiro, contribuindo com 0,21 p.p. no IPP. Os preços dos bens intermediários avançaram em média 0,69%, com 0,38 p.p. de contribuição positiva.