PUBLICIDADE
IPCA
0,26 Jun.2020
Topo

Fed diz que não descansará até que o mercado de trabalho apertado retorne nos EUA

Ricardo Leopoldo, correspondente

Nova York

21/05/2020 16h24

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), Jerome Powell, afirmou que "é trágico como ocorreu o fim do mercado de trabalho apertado como vimos há alguns meses" devido à pandemia do coronavírus. Em fevereiro, a taxa de desemprego nos Estados Unidos estava em 3,5%, mas em abril os efeitos recessivos da doença levaram o indicador para 14,7%. "Mas não vamos descansar até que o mercado de trabalho apertado retorne."

Powell ressaltou que os EUA estão em meio à desaceleração econômica sem precedente na era moderna por causa da covid-19 e os problemas gerados pela doença causam muitas dúvidas sobre o futuro. "Vivemos grande nível de incertezas, questões que somente o vírus pode responder", destacou.

O presidente do Federal Reserve ressaltou que as políticas para a recuperação econômica estão no escopo de autoridades de todos os níveis de governo.

Ele salientou que as avaliações de comunidades sobre o desempenho do nível de atividade e demanda agregada têm sido essenciais para a condução da política monetária. "Em tempos extraordinários como os atuais, comentários de comunidades têm mais importância", frisou.

Powell fez as observações em evento promovido pelo Fed no qual ouve de lideres comunitários os impactos da covid-19 sobre suas localidades.

Economia