PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

Ferrovias e Portos têm se mostrado mais resilientes à crise, avalia ministro

Amanda Pupo e Vinicius Neder

Brasília

21/05/2020 19h36

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, disse nesta quinta-feira, 21, que os setores de ferrovias e portos têm se mostrado mais resilientes aos efeitos da crise do novo coronavírus. Segundo ele, o desempenho é puxado pelo agronegócio e pelo setor mineral. "Setor mineral já está sendo puxado com uma retomada forte no exterior", afirmou em live produzida junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Já nas rodovias e aeroportos, as consequências da crise têm sido mais gravosas. No setor rodoviário, houve uma redução de aproximadamente 20% da movimentação, afirmou o secretário-executivo da pasta, Marcelo Sampaio. Na aviação, esse dado chegou a 90%, pontuou.

"Já tinha um esforço grande de abrir e desburocratizar o setor de aviação, nove empresas que tinham manifestado interesse formal para entrar no mercado brasileiro. Nossa expectativa era um setor pujante, crescendo, e a crise nos impõe uma série de desafios", disse Sampaio.

Economia