PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

B3 informa que não haverá pregão no dia 11, mas funcionará em 9/07 e 20/11

Altamiro Silva Junior

São Paulo

08/06/2020 18h54

A B3 informou que não haverá pregão no próximo dia 11, feriado nacional de Corpus Christi que foi antecipado pela prefeitura de São Paulo no dia 20 de maio, data em que a Bolsa funcionou normalmente. Já para os feriados de 9 de julho e 20 de novembro, que são estaduais e foram antecipados para os dias 25 e 21 de maio, respectivamente, haverá funcionamento da Bolsa nesses dias, mesmo tendo tido operações nas datas em que os feriados foram antecipados, estratégia do governo estadual e municipal para conter o avanço da pandemia do coronavírus.

Na prática, a Bolsa terá dois pregões em 2020 a mais do que estava previsto no calendário inicialmente divulgado para o ano.

"Por não se tratar de dia útil, não haverá atividade de negociação, liquidação, registro e depósito centralizado de ativos", afirma ofício divulgado no início da noite pela B3 sobre o próximo dia 11. O documento é assinado pelo seu presidente, Gilson Finkelsztain, e pelo vice-presidente de Operações, Clearing e Depositária, Cícero Augusto Vieira Neto.

Para os dias 9 de julho e 20 de novembro, a B3 informa que "as atividades de negociação, liquidação, registro e depósito centralizado de ativos funcionarão normalmente". Nestes dois dias, o calendário original estipulava que "não haverá negociação nos mercados de renda variável, renda fixa privada e de derivativos listados, bem como no mercado de empréstimo de ativos" nem funcionamento da Central Depositária.

O calendário original previa para os dias 9 de julho e 20 de novembro "negociação, registro de operações, liquidação e movimentação de garantias" para o mercado de câmbio pronto. Também previa registro de operações de renda fixa.

Economia