PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

Confiança do Empresário Industrial sobe 6,5 pontos em junho, diz CNI

Fabrício de Castro

Brasília

10/06/2020 10h47

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei) subiu 6,5 pontos de maio para junho, informou nesta quarta-feira, 10, a Confederação Nacional da Indústria (CNI). O indicador atingiu em junho 41,2 pontos, numa escala que vai de zero a 100. Valores abaixo de 50 indicam situação pior ou expectativa pessimista entre os empresários.

Ainda assim, a CNI pontuou que o resultado do Icei em junho fez o indicador se descolar de seu piso histórico e do patamar observado no auge da crise econômica de 2015 e 2016.

"O Icei de junho traduz uma percepção ainda negativa dos empresários quanto às condições atuais de negócios em decorrência da crise desencadeada pela pandemia de covid-19", registrou a CNI. "O índice reflete também uma melhora das expectativas dos empresários com relação aos próximos seis meses."

Conforme a CNI, é comum uma avaliação de expectativas, entre as empresas, após uma forte queda como a registrada em abril, quando o Icei atingiu 34,5 pontos.

"Por isso, a alta (de junho) não pode ainda ser considerada como o início de uma tendência de alta", disse a CNI. "Apesar do aumento, o índice permanece abaixo dos 50 pontos, o que significa que o empresário ainda registra falta de confiança, embora em menor intensidade."

Entre os componentes do Icei, o Índice de Condições Atuais subiu de 25,2 pontos em maio para 27,7 pontos em junho. Já o Índice de Expectativas avançou de 39,5 pontos para 47,9 pontos no período.

Economia